Ministros Extraordinários

A) MOTIVAÇÃO E JUSTIFICATIVA

A caridade infinita que Cristo Senhor deixou à Igreja na Eucaristia exige que tão grande mistério seja cada dia mais profundamente conhecido e que se participe da sua força salvífica, cada vez mais, com maior intensidade. As novas circunstâncias dos nossos tempos exigem que se proporcione uma possibilidade maior de acesso à Sagrada Comunhão, afim de que os fiéis, de forma mais freqüente e mais ampla, participem dos frutos da caridade eucarística de Deus para conosco e se disponham melhor à experiência do amor de Deus, de modo a servirem com zelo mais ativo a Deus e ao bem da Igreja e da humanidade.

B) OBJETIVO GERAL

Colaborar no serviço à Mesa do Corpo do Senhor para os fiéis, especialmente os acamados e idosos impossibilitados de vir à celebração da comunidade.

C) OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  •  Aprofundar a consciência e a experiência da realidade Eucarística na comunidade;
  • Oferecer fundamentos de espiritualidade para fomentar um zelo cada vez maior pela Eucaristia na vida pessoal dos Ministros Extraordinários da Distribuição da Comunhão Eucarística;
  • Conduzir a Adoração ao Santíssimo Sacramento na Paróquia e em suas comunidades;
  • Levar a Sagrada Comunhão aos enfermos e idosos impedidos da participação na Missa da comunidade, quando animados de reta e piedosa intenção, segundo as normas estabelecidas pela Igreja;
  • Servir à Mesa Eucarística nas Liturgias da comunidade.

Contato:

Leni Soares Moreira (98812-0495)


PLANEJAMENTO 2022

Reuniões Mensais e Adoração ao Santíssimo: 1ªs Quintas-feiras na Matriz de São Benedito

  • Continuar atividades já praticadas pela equipe como: visitas aos doentes e idosos levando a comunhão, visita quando do aniversário da pessoa assistida, ajuda nas Celebrações Eucarísticas na Paróquia.
  • Intensificar visitas as pessoas das comunidades que eram ativas em pastorais e hoje por motivo de doença ou idade não conseguem ir à Igreja.
  • Dar maior ênfase ao trabalho de levar a comunhão aos doentes acamados e idosos da Zona Rural.
  • Maior incentivo para que haja mais participação dos Ministros na Escola da Fé e outros momentos de formação.
  • Renovar e aumentar o quadro dos Ministros